domingo, 12 de setembro de 2010

Reinadi Sampaio – Acróstico da amizade

R aros são os momentos
E m que os céus se curvam
 I nchados de morna glória.
N a vastidão de um sorriso,
A  ânfora transborda de dádivas;
D oce tilintar de anjos
 I luminando o sorriso das manhãs.

S obre os trilhos da distância
A cendes a ilusão dos sonhos,
M agia que rasga oceanos,
 P ercorrendo as águas ocultas,
A travessando o gelo do vazio,
 I nundando com vagas de alento
O  cais deserto dos náufragos.

 
poema escrito em 2010-09-12
Post views: counter

1 comentário:

florbella_ba disse...

Meu amigo, emociona-me tuas palavras.
Saber-me "Doce tilintar de anjos
Iluminando o sorriso das manhãs", faz-me sorrir mais ainda, principalmente quando rompe as manhãs, e meus olhos brilham mais ainda à noite, quando sorri enxertados, de luz do Sol, que brilha nas minhas retinas!

Deus te abeçoe meu amigo, Deus abençoe teus filhos, Deus abençoe tua esposa, Deus abençoe tua mãezinha.

Até sempre meu grande amigo, se Deus permitir.
Flor.

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...