sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Finisterra


o caminho é daqueles que o atravessam
pequenos passos que chegam de longe
trazendo um ritual de sede e poeira
a errância que nos ossos alastra
a sedução longínqua de velhos sinos

às vezes é só a chuva que os acompanha
a ilusão que traça itinerários
o cajado onde a vontade se ampara
para que a distância se possa medir
e passo a passo sigam adiante

não vêm de parte alguma
nem traçaram qualquer destino
nada semeiam na gravilha das margens
orientam-se pelo sentido dos ventos
envoltos num rumor anónimo

na mochila trazem somente o essencial
o dialeto intermitente da fé
sinais breves que os resgatam
quando os pés se afundam na lama
e o equilíbrio mais uma vez se desfaz

todas as moradas são possíveis
para esta viagem sem regresso
mas nenhum albergue os poderá reter
mais que o lapso de um bater de pálpebras
uma trégua para o corpo gasto pela febre

o caminho ensina e incita
desfaz os nós meticulosos do tempo
antes que o sol se debruce sobre as águas
e o mar finalmente abra suas portas
quando chegarem ao fim da terra

lugar onde tudo recomeça

______________________________________________________
Post views: counter

7 comentários:

Reinadi Sampaio disse...

Runa
Nos versos teus, de diferentes sentidos, traz uma linguagem poética, profunda, característica da tua poesia, e numa reflexão em cada estrofe vemos o peregrinar por caminhos que nos levam a um só destino, o Caminho de Santiago ou, ao fim da terra onde o mar abre suas portas. De portas para dentro, entra o Amor, Deus, ELE, que vem nos acolher, trazendo alegria, sobretudo, paz!

Maria Rodrigues disse...

Belíssimo poema.
Um abraço
Maria

Ani Braga disse...

Hoje vim agradecer a você por todas as vezes que carinhosamente esteve no meu blog e pelos comentários delicados que me deixou. Infelizmente nem sempre eu tenho tempo para te agradecer e te visitar, porém jamais me esqueço de você... Muito obrigada...

Beijos
Ani

HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

Malu Silva disse...

Depois de muito tempo afastada estou voltando com espaço novo. Aguardo a visita dos amigos queridos!

momentosbrancoepreto.blogspot.com

Marilu disse...

Páscoa é renascimento, é passagem,
é mudança e transformação,
é ser de novo um mesmo ser.
Que recomeça pela própria libertação,
fica para trás uma vida cheia de problemas
e começa agora um novo caminhar,
cheio de luz, de fortalecimento de
esperanças renovadas.
Um arco-íris rasga o céu e parece
balbuciar que Jesus ressurgiu para nos
Provar que o amor incondicional existe.

Feliz Páscoa.

Marilú

Reinadi Sampaio disse...

"o caminho ensina e incita
desfaz os nós meticulosos do tempo"

e assim vamos correndo contra o tempo...

Anónimo disse...

Sem palavras para descrever a dor que me fez sentir

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...