quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Posso ser Eu


Posso ser quem eu quiser
nestas linhas que desenho
sentado a um canto
no silêncio dos dias
que galgam as margens do tempo.

Posso fugir do que sou
e inventar outra identidade.
Encarnar outras vidas,
assumir qualquer fantasma
em fuga pelos carreiros do labirinto.

Posso baralhar as emoções,
escolher as tintas e as paisagens,
pintar manhãs na escuridão
ou deixar as sombras fluírem.
A escolha é minha.

Posso ser quem quiser,
ou posso, simplesmente, ser eu.




Poema escrito em 2008, aqui com a voz, imaginação e talento de Reinadi Sampaio, uma amiga que guardo no coração.


poema escrito em 2008-03-22
Post views: counter

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...