quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Sonhos de argila



Talvez um dia
o destino se baralhe
no rumo trôpego dos seus passos
e eu te veja chegar,
num golpe súbito de asas,
por entre as serpentes ondulantes
de uma miragem.

Talvez eu ainda te espere
debaixo de uma chuva ácida
que me corrói o desejo,
e tu, dobrando a esquina
dos becos soterrados no peito,
com o arco secreto do teu ventre
acendas uma luz colorida
na íris desbotada do meu rosto.

Talvez a vida, afinal,
seja apenas um sonho confuso
onde tudo é permitido
e, despindo a argila que te cobre,
tu rasgues todas as distâncias
e me estendas tua mão,
no fugaz esplendor
de uma estrela cadente.


poema escrito em 2010-12-01
Post views: counter

6 comentários:

Eduarda disse...

Runa,

Tu consegues fazer-me sair do espaço e entrar noutro, onde me identifico por completo.

sempre aquele prazer de vir até aqui e te ler.

bj

rosa-branca disse...

Talvez meu amigo, talvez a vida seja apenas um sonho onde tudo é permitido...embora eu duvide. Lindo o seu poema. Saio sempre deliciada mas nostálgica. Beijos com carinho

Mai disse...

Runa,

obrigada por ter-me encontrado, porque assim pude chegar até aqui.

O tempo, a espera e a dúvida.

Esta trilogia é dolorosa por demais.

Bendita poesia!

FlorAlpina disse...

Olá Runa,

Gostei!

Sonhos de argila...
Na noite miragem de um rosto...
Um rasto forte de poema na sombra de estrela cadente...

Bjs dos Alpes

Alberto Moreira Ferreira disse...

Runa,

poema que deixa a flutuar em ondas de rádio até ao limiar dos nossos sonhos. alguém já disse que só quem sonha alcança

abraço

Vera Celms disse...

Não procuro santos a esculpir
Quero lobos vadios,
Atravessando meu caminho,
Impuros, impolutos, impudicos,
Procuro o calor da pele, dos pelos,
Procuro o calor da libidinagem acesa
Vera Celms

Conheça http://caldadechocolateapimentado.blogspot.com, o meu blog erótico sensual. Beijos e parabéns...

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...