quarta-feira, 29 de junho de 2011

Sonhos ígneos



O anjo de corpo encarquilhado
sonhava com asas de fogo
a rebentarem-lhe nas omoplatas

e um leque de penas brancas
mais leves que o vento


qualquer coisa capaz de o levar
para lá das fronteiras do abismo

_____________________________________________
Post views: counter

18 comentários:

CYWMARA WADISQUY disse...

SONHOS SÃO SONHOS!...

XEROO

http://cywmara.blogspot.com/

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Um ser caído, querendo a antiga forma angelical. Acho que muitos sonham sim... Afinal, abismo é abismo.
Runa, como é densa sua poesia, forte e de temas bem difíceis. Mas, me faz cair nas palavras.
Beijokas.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Na verdade pensei num demônio, arrependido e sonhando sair do inferno... Desculpe se minhas palavras ficam muito pesadas, mas foi isso que interpretei.

Mila disse...

Sonhar com algo que nos traga alívio e não poder tornar real dói até na alma.
bjs

Reinadi Sampaio disse...

'e um leque de penas brancas
mais leves que o vento

qualquer coisa capaz de o levar
para lá das fronteiras do abismo"

Maravilhosos teus versos tal qual uma “echarp” de seda ao vento... que quando exposta... Tudo que ela move... O poder com que nos atinge...
A dinâmica que provoca... Que rompe barreiras e cria emoções!

Parabéns sempre meu amigo.
Flor.

Fátima disse...

E era um anjo...
e sonhava...
"O anjo de corpo encarquilhado
sonhava com asas de fogo
a rebentarem-lhe nas omoplatas
e um leque de penas brancas
mais leves que o vento
qualquer coisa capaz de o levar
para lá das fronteiras do abismo"

Asas de cera cresceram.
Ao calor do sol elas derreteram.
Voaram baixo os sonhos.

Com carinho
uma flor
rosa
de
Fátima Ícaro

mfc disse...

Há sonhos que não devem passar de sonhos...

Flor de Jasmim disse...

Runa meu amigo
Profundo!!! Não devemos deixar de sonhar, porque o sonho comanda a vida.
Beijo

нєllєи Cαяoliиє disse...

Hei de tomarmos cuidado com os sonhos,alguns não podem passar disso!
Que este porém,te afaste do abismo e caminhos traiçoeiros!
Beijos

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde.Que jeito profundo de escrever você tem.
Parece que nos remete para lugares sem destino, bem peculiares!
Excelente quinta-feira.
Um beijo, e mergulhe cada vez mais na imensidão da sua alma poética!
Fique com Deus!

Patrícia Pinna disse...

Runa, muito obrigada pelo carinhoso comentário, e realmente, o Caio teve e tem um papel importantíssimo nessa minha jornada.
Apenas sou uma iniciante, que tenta colocar alma em tudo o que faz!
Amo receber comentários sinceros que possam ajudar-me a trilhar o bom caminho.
Sempre que quiser, será muitíssimo bem recebido!!!!!!!!!!
Se tiver tempo para ler todas as minhas postagens, ficarei feliz, mais ainda se quiser comentá-las!
Um beijo!

MARILENE disse...

Todos erramos e queimamos nossas asas sem necessidade. Daí o sonho de fugir da realidade e retomar o passado.

Bjs.

Vera Lúcia disse...

Runa,
Você voltou a ser mais profundo em seus versos.
Não sou poetisa e é difícil para mim ver através da alma do poeta .
Só posso dizer que gostei e que qualquer força é válida para nos tirar de um abismo iminente.
Beijo.

Evanir disse...

Sendo eu uma apaixonada por poemas e toda leitura em geral amei sua postagem.
E como antiga seguidora venho desejar um feliz final de semana beijos no coração,Evanir.

Malu disse...

E que no abismo este anjo sempre encontre o AMOR...
E que as penas brancas nos rocem, suaves e lentas a ALMA cansada, às vezes.
Grande abraço

Carlota Pires Dacosta disse...

Agradeço a visita!
Gostei do seu blogue.
Virei mais vezes!!

Abraço!

CF disse...

Esse anjo apenas queria ser livre...quem, ou o quê, lhe arrancou a capacidade de voar, de ser feliz...ele, apenas quer sair do abismo e isso é um pedido legitimo!!!
Abraço

Anna Amorim disse...

Runa,

As palavras abrem asas.

Beijos,

Anna Amorim

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...