sexta-feira, 13 de abril de 2012

Um poema que me imortalize


Como todo o poeta
busco o poema que me imortalize
aquele que faça prevalecer meu nome
muito para lá da minha ausência.
Não será certamente este
nem o que virá a seguir
talvez nunca o consiga escrever
nunca seja capaz de desvendar
o enigma das palavras que desafiam
a passagem insone dos tempos
e permaneçam na memória breve
daqueles que nunca me conheceram.

A cada tentativa
vou desperdiçando esse fito,
esgoto-me em silabas de fumo
que esvoaçam num frémito breve
e se rasgam nas arestas da ventania,
mas nem por isso desisto.
Iludo-me nessa busca incerta,
poema após poema,
fracasso atrás de fracasso,
rasgando as veias,
implorando às musas insondáveis
um click de inspiração,
uma luz que se acenda de súbito
no clarão branco do sonho
ou nas asas dormentes da loucura.

Talvez num dia
de rara e fugaz magia
se acenda o mistério dessa visão,
o círculo secreto do fogo
que guia a mão dos talentosos
na transparência dos trilhos,
e a soma de todos os meus versos
seja o secreto passaporte
para atravessar o anonimato
e chegar, como um deus arrebatado,
à muralha das cidades lendárias
onde ecoa a voz dos imortais.

____________________________________________________
Post views: counter

12 comentários:

celina vasques disse...

Amigo poeta RUNA! Eu adoro teus poemas e tudo que escreves!
Do fundo de minha alma e de meu coração, eu já te considero um IMORTAL por tudo que já escrevestes, e por tudo que ainda irás escrever, meus aplausos sempre!

Marly Bastos disse...

Haverá um dia que a tua posteridade, lerá e encontrará nos seus versos a imortalidade da escrita e do seu derramar interior.
Acho que esse pode sim ser o eleito pra a imortalidade, pois ficou maravilhoso. Eu não procuro isso na escrita(pq penso que nunca serei ausente, mas Freud explica isso.... A verdade é que queremos sempre existir, mesmo depois de morrer e como diz Quintana:"E se nao sou imortal, como é que ainda hoje me lês?"
Beijoka doces e um bom fim de semana.

Marilu disse...

Querido amigo, com poemas como este você já está imortalizado. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Multiolhares disse...

Os teus poemas são fabulosos, não sei se algum te vão imortalizar, mas o teu sentir a forma como deixas a tua alma cantar o teu coração sentir pode fazer toda a diferença para cada um dos seres que passarem por ti
bjs

Sandra Subtil disse...

A mim já me marcaste de forma indelével, meu amigo.
Escreves com a alma, com as entranhas e isso sente-se quando te lemos.
Tomei a liberdade de publicar no meu facebook o teu maravilhoso poema " Abraça-me , mãe" . Claro que identifiquei o autor e coloquei o link do teu blog.
Obrigada pelos momentos de puro deleite que me proporcionas cada vez que te visito.
Beijo com carinho e profunda admiração

Reinadi Sampaio disse...

Runa,
Tantas vezes já fiquei diante das tuas palavras... Da tua poesia... Sem saber o que dizer, pois a profundidade das mesmas leva-me a 'outras dimensões'. Muitas vezes respondi com poemas, noutras refleti... Mas hoje te digo da Alma, da pessoa que tu és, um ser humano maravilhoso e, afirmo dentro daquilo que acredito: que a alma de cada um, realmente, faz a diferença. Ficam a consciência e o pensamento rebuscado... Antes do Fim ou do Principio!

As tuas palavras nos versos da tua poesia, eu sei que não são apenas, arremessos de palavras ditadas por um cérebro, mas, sim, palavras ditas com a Alma!

Um grande abraço!
Flor.

Maria disse...

Meu amigo, em cada poema o poeta deixa um pouco de si, um pouco da sua alma e as suas palavras tornam-se assim imortais.
Bom domingo e uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

mfc disse...

Um dia encontrarás com toda a certeza, se já não as viste já(?), essa muralha da cidade lendária onde os imortais se acolhem.

Um abraço.

Lua Negra disse...

Em cada palavra deixas sempre um pedaço da alma imortalizada.
Tenha uma semana de paz, amigo.
Abraços.
Lua.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Runa. Todos os seus poemas para mim são marcantes, imortalizam você. Não precisa preocupar-se com isso, pois consegues alçançar os nossos corações em cada novo poema.
A sua escrita é tão facilmente identificada por nós, que assim que começamos a ler, sabemos que trata-se de você. És como a a personalidade, única, e intransferível.
Deixas a sua marca, e eu adoro!
Um beijo na sua alma, e fique na paz!

mundo da lua disse...

a busca é nobre

Hanaé Pais disse...

Já tem um: "Abraça-me mãe".

Depois de o ler, fiquei siderada e tive que aderir ao seu blog.
Um maravilhoso filho.
"Um homem que trata as senhoras como princesas, foi educado por uma Rainha...

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...