quinta-feira, 8 de março de 2012

Mulheres que não desistem de amar


As últimas flores do verão
recolhem as pétalas frágeis
num regaço de terra macia,
dobram o tronco exausto
pela carícia de uma luz ardente
e se preparam, em silêncio,
para a melancolia do outono;
a longa carruagem do frio
a atravessar a sombra dos dias.

Não choram nem lamentam,
o pólen desvanecido
e o estio que se enreda no corpo;
não reclamam o vigor despido
pelas unhas agrestes do tempo,
nem murcham
com o sopro bafiento do inverno.

Descalças desenham no chão
o perfume de um horizonte futuro
e nos braços do vento flutuam
sem nunca desistir de sonhar,
sabendo que sempre existe
um oculto caminho de regresso
à primavera e aos braços do amor.


_________________________________________
Post views: counter

17 comentários:

Reinadi Sampaio disse...

Oi Runa, boa noite
Como desistir de amar!? O amor nos matem vivos, ele faz com que as flores atravessarem todas as estações e "Descalças desenham no chão o perfume de um horizonte futuro" -

Amor,
Esse é o nome do perfume que paira no ar...
O resto são fragrâncias que emanam dele!
Amor, o perfume que alegra a Alma,
Que alucina os sentidos,
Que perpetua as emoções,
Que contagia e se deixa levar...
Que na ternura tem seu mais forte odor...
Na cumplicidade, o seu mais belo parceiro...
________________

Não resisti à beleza dos teus versos a falar de amor às "Mulheres que não desistem de amar"! Parabéns Runa, por este carinho às mulheres.

Abraço.
Flor.

Mizia disse...

Runa,
Simplesmente...LINDO!!!
Obrigada e Parabéns, amigo!
Beijinho
Mizia

Rô... disse...

oi Runa,

eu adoro ser esse ser intenso e misturado,
que transborda sentimentos
e emoções...
lindo poema...

beijinhos

MOISÉS POETA disse...

O bom das mulheres é que aconteça o que acontecer , elas sempre erguem um flor no horizonte ...

Abração !

Solange disse...

maravilhosamente belo!!

bjs.Sol

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Bom dia Runa querido


Saber que sempre existe um caminho de volta aos braços do amor é o que nos dá segurança para arriscar viver sem receio de errar...

Linda homenagem ás mulheres.

Beijos
Ani

Lua Negra disse...

Meu amigo Runa.
Mil perdões não foi minha intenção, não vai mais se repetir.
Espero que não tenha ficado muito bravo, rsrs

Tenha um lindo final de semana.
Abraços musicais
Lua.

Sandra disse...

Lindo, Rui!
As mulheres mesmo no outono da vida podem sempre florescer como na mais alegre Primavera.
O meu post desta semana acaba por falar do mesmo, que engraçado!
Beijinho

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Runa. Lindo poema! As mulheres mesmo com suas pétalas caindo, dando um tom sem vida à estação, sabe com certeza reerguer na primavera lindamente repleta de encantos e um amor tão leve e bonito.
A sua homenagem às mulheres, além de intensa foi perfeita.
Um beijo na alma, e fique na paz!
Saudades da sua presença!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

mfc disse...

Um poema sorridente sobre o ser mais bonito da criação!
Um abraço amigo.

mundo da lua disse...

Nunca desisto de amar
Quando esqueço um amor logo invento outro
Escolho o homem mais intocável
para que eu possa sentir
Meu coração sofrer por ele
Para suspirar nas tardes vazias...
Acho que nunca devo realizar meu amor
Para que nunca nenhum dos meus amados
Se torne um vilão real...
Será que eu estou falando como louca...

Gracita disse...

Bom dia Runa
As palavras fluem com carinho e eloquência e você as transforma em belíssimos versos.
Linda homenagem... Parabéns!
Desejo-lhe um ótimo domingo
Abraços afetuosos
Gracita

Maria Alice Cerqueira disse...

Prezado amigo,
Vim agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho magico coração,
gostaria lhe oferecer um selinho dos 500 seguidores como prova de minha gratidão.
Venho pedir a voce o seu votinho para a minha poesia,
Sentindo a Vida
que está concorrendo no Ostra da poesia Blog da Lindalva
Clik no link http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
e conheça e vote na minha poesia.
Como votar
DIGITE O NOME DA POESIA E O LINK DO SEU BLOG
(é importante deixar o link para seu voto ser validado)
Desde já agradeço de todo o coração a seu apoio e votinho
Tenha um lindo dia
abraço amigo
Maria Alice

Mallika disse...

Metáforas... Morte e vida...vida e morte. Unidas e inseparáveis.
Parabéns pela sensibilidade de ouvir a vida.

Reinadi Sampaio disse...

Runa, oi,
Vim desejar-te um belo dia, no teu dia de POETA!
Parabéns1

Todo Um Existir...
Para muitos incoerências –,
Um Ser Poeta!

Reinadi Rodrigues Sampaio
14/03/2012 > 18h23min.
_________________

Te abraço.
Flor.

rosa-branca disse...

Olá Runa, desistir de amar? Seria o mesmo que desistir da vida...Nunca...posso partir agora, que vou amar até um sopro de vida ter. Estou no Outono da vida meu amigo e a vida me machucou demais, mas não perco(nem nunca perdi) tempo a odiar. Não conheço tal sintoma. Adorei o teu poema. Beijos

Cores da Vida... disse...

Oi Runa,

Só o amor e a Fé nos faz sermos seres melhores, a cada dia...
Deixar de amar é perder o tempero da vida...
Beijos,
Ana Lúcia (Cores da Vida...)

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...