sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Recomeço


Quando chegar ao centro perdido do labirinto
depois de desembrulhar todos os mistérios
e me sentar na pedra de musgo da eternidade
a contemplar os espelhos do vazio que me resta,
quem acenderá de novo a luz matinal do choro
que me permita voltar ao inicio do caminho?


_________________________________________________
Post views: counter

9 comentários:

BlueShell disse...

...Tu próprio!
Tu acenderás essa luz. E poderás chorar...mas poderás também sorrir...
tens de acreditar...
O universo é-nos transcendente...mas nós fazemos parte dele...

(estou aqui para o que precisares)
BlueShell

marlene edir severino disse...

O início do caminho não retomamos
mas o caminho se faz a cada dia,
a cada novo instante
sempre novo, imprevisível

Abraço daqui!

Reinadi Sampaio disse...

Li e reli teus seis versos
"Quando...[...]?"

...quando tudo parece ir ao bom caminho, o homem sente medo, se encolhe perante a magnitude da sua própria criação, se auto-questiona e mesmo acreditando que pode ir mais além, se refreia até o próximo passo evolutivo, até uma nova questão ser colocada, quando nos cansamos da mesma resposta, mudamos as perguntas, para desta forma, alienar toda a existência e recriar uma nova evolução, para que haja um renascimento, como uma fênix, das suas próprias cinzas e de novo os deuses terão orgulho e serão idolatrados pela evolução do homem...

Não tenhas medo.
Um grande abraço.
Flor.

CF disse...

Runa
Gosto de te "ouvir" falar de recomeços...ficam-te bem. Não sei é se desmbrulharás todos os mistérios :) tantos mais virão depois de recomeçares...
Abraço e bom domingo

Sérgio Carvalho - Sonetos disse...

Recomeços.
Um excelente poema. Gosto de ler tua poesia.
Parabéns.
Sérgio.

elis disse...

Fim e remomeço. Eles nos assombram e nos encantam ao mesmo tempo... Não sei bem quando um termnina e quando começa o outro. Não serão uma mesma coisa?! Abraços.

Vera Celms disse...

RUNA querido, quando chegares ao centro perdido do labirinto, ele não será mais perdido e o novo recomeço estará a sua frente... a luz é sua... prossiga... Avante meu amigo... beijos de VC

AquilesMarchel disse...

pra quem sabe olhar pra tras nenhuma rua é sem saída


curti aqui

Anna Amorim disse...

Amigo poeta,

Gostei deste particularmente.

Beijo grande,

Anna Amorim

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...