sexta-feira, 11 de novembro de 2011

No orgasmo do último verso



Podemos amar um poema
como quem ama um corpo de mulher
na ânsia febril de um desejo

Beijar as sílabas sensuais
de uma estrofe húmida e macia
num degelo de lábios ardentes

Percorrer os poros palpitantes
de uma fogosa metáfora
como quem se perde nos labirintos
de uma paixão infinita

E o mais alto prazer atingir
no orgasmo do último verso

_______________________________________________
Post views: counter

8 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Runa. Que poema mais sedutor o seu, e que paralelo estonteante você traça entre a mulher e a poesia e o amor que o homem destina às duas. O êxtase de um prazer infindo.
Imagem perfeita, adequada e inteligente.
Você sempre se superando. Amei ler você desse modo mais solto e feliz.
Um beijo grande, e fique com Deus!
Excelente fim de semana!

Reinadi Sampaio disse...

Já o li de várias formas: a falar da partida, de dores, de sonhos, de saudades, austeridade... Até dizendo que podes ser o que desejares ou, simplesmente seres tu mesmo. Em cada um desses momentos consegues trazer em versos, emoções das mais diversas. Nesse poema, chegas assim, investido de uma sensualidade encantadora e me fez reportar a um grande sucesso da nossa MPB – Muito estranho –, do compositor Nando Reis, na voz do Dalton

Hum!
Mas se um dia eu chegar
Muito estranho
Deixa essa água no corpo
Lembrar nosso banho...
Hum!
Mas se um dia eu chegar
Muito louco
Deixa essa noite saber
Que um dia foi pouco... [...]

Feliz dia de sábado.
Um grande abraço fraterno.
Flor.

Flor de Jasmim disse...

Runa
Podemos amar tudo o que nosso coração mandar.
Lindo teu poema meu amigo, tal como a imagem que se enquadra com estas belas palavras.
Beijo e uma flor

Rosa Mattos disse...

"Percorrer os poros palpitantes
de uma fogosa metáfora
como quem se perde nos labirintos
de uma paixão infinita"

Bem lindo isso.

AHH, adoro metáforas!

Parabéns pela volúpia da inspiração.

mfc disse...

Um poema de sedução e de desejo lindamente desenhado.

RosanAzul disse...

Olá Runa!
VIm conhecer teu blog, teu trabalho...
Gostei muito de tudo que vi por aqui, escreves muito bem.
Parabéns pela bela inspiração...
Estarei te seguindo...
Um grande abraço,
Rosana

Márcia Grossi disse...

Amigo poeta, quanto tempo que lindos os teus versos, lindo demais, parabéns ... um abraço.

Zilani Célia disse...

OI RUNA!
APESAR DA DUREZA DE SEU COMENTÁRIO ACIMA,DEIXO AQUI MEU RECADO, VOU TRATÁ-LO, COMO O EXIGIDO.
DEFINISTE MUITO BEM, ESCREVER UMA POESIA, CHEGAR AO ULTIMO VERSO, É ALGO TÃO BOM E PRAZEROSO, QUE PODE SER COMPARADO A UM ORGASMO.
LINDO!
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...