domingo, 29 de maio de 2011

Lenda do cavaleiro perdido


Dobrando as falésias brancas
de um tempo que se esgotou
num círculo de crepúsculos encandeados
um cavaleiro sem rumo,
montado no dorso da distância,
erra por entre as vastidões de névoa
procurando um caminho que não existe.
Ao longo das margens perdidas
de uma terra de ninguém,
apressa seu corcel exausto
com a pressa de chegar ainda
a um futuro para sempre adiado.

A saliva ensanguentada das marés
tingindo as chagas de um areal obscuro
empurra-o para um labirinto de dunas
onde o canto lamurioso das aves do poente,
traçando estranhos presságios no horizonte,
anuncia a impossibilidade de um prometido retorno.
A manhã fecha-se,
por entre sombras e miragens,
ferida pela ausência do sol
e o encolher de ombros dos deuses,
ocultando todos os caminhos
ao cavaleiro que cavalga sem destino
no perpétuo e cerrado nevoeiro
onde eternamente se perdeu
sem encontrar ventos favoráveis.

___________________________________________________
Post views: counter

10 comentários:

Anónimo disse...

Tão triste, tão denso, tão belo.
Tantos e tantos cavaleiros errantes encontramos na nossa vida, no nosso caminho, às vezes no nosso espelho.
Sempre muito bom ler-te ( torno-me repetitiva, mas a culpa é tua que escreves com a alma)
Beijinho
Sandra Subtil(Sentidos)

flor de jasmim disse...

Runa
Sublime!!! Como tudo o que escreves, são palavras emocionantes navegando numa onda de sentimentos e desencontros.
Beijo

MARILENE disse...

Um futuro sempre adiado só vai atrasar o encontro do caminho que busca o peregrino e dele afastar os ventos favoráveis.
Muito belo seu porma!

Bjs.

Marilu disse...

Querida amiga, absolutamente lindo poema. Tenha uma linda semana. Beijocas
Se tiver um tempinho de uma passadinha no meu novo blog.
http://worldgeoblog-marilu.blogspot.com

CF disse...

Olá Runa
talvez o futuro não esteja adiado...
aquele que o cavaleiro procura seja num próximo tão mais perto do que seria de antever!!!
O destino fa-lo-à o cavaleiro
talvez se acreditar em «possibilidades»
o sol possa surgir por entre as nuvens...

Parabéns pelo belo texto
Abraço

Varanda Azuis disse...

Olá Runa...Bom dia!

Como sempre, inspiração e sensibilidade a flor da pele...poemas que emocionam a cada palavra lida...adorei!

Bjos...uma semaninha de alegrias e inspirações pra vc!

Mara disse...

Boa noite, Runa!
Gosto muito do teu estilo de expressar-se através dos versos...perfeito.
Beijo e boa semana pra ti

mfc disse...

Um futuro que temos que prosseguir apesar de tudo... e contra tudo!

mundo da lua disse...

cara sensacional só adorei
só isso.

Anónimo disse...

http://youtu.be/3uZT5hWxNXo

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...