sábado, 23 de agosto de 2014

Excessiva cegueira


A cada hora que passa
aproxima-se o fim da viagem.
O limiar da última fronteira.
Segue a estrada sinuosa
que não sabes ainda onde te leva.
Não existem trilhos perfeitos.

Acende agora outro cigarro
despeja o copo que tens na mão
deixa arder a febre do desejo.
Entrega-te à histeria dos suicidas
que fazem de cada curva
a forma segura de encurtar caminho.
Perigoso é ficar parado.

Ama com o desespero e a urgência
do coração que tudo vai perder.
Passa para o outro lado dos túneis
onde talvez brilhe a luz
capaz de iluminar esta cratera.
Não sonhes, vive e aprende.

Evade-te dos dias lentos
que passam a correr
e mergulha fundo dentro da noite.
Deixa o corpo rodopiar
na pulsação centrífuga
desse espasmo de néon e cinzas.
A insónia é o teu melhor aliado.

Ergue-te ao voo picado
sobre os telhados do abismo.
Sem roteiros nem receios.
Avança com a cegueira definitiva
de quem não quer ver
o pasmo dos que ficaram estagnados
a definhar num pedestal enrugado.
Não cedas à agonia da vertigem.

Caminha sobre a pedra quente
onde os teus passos deixem um rasto
e segue o vento que não tem destino
nem busca qualquer resposta.
Os labirintos só existem dentro de ti.

Não esperes pelo tempo.
Quando o corpo é jovem
todos os excessos são permitidos.

__________________________________
Post views: counter

6 comentários:

Anónimo disse...

Esses são os conselhos que tem para si Runa?
Sabe Runa existem pessoas que trabalham de noite e dormem de dia.
Eu gosto de o ler de noite, quando chego do trabalho, tem a quietude do escuro!
E as suas palavras concedem-me a claridade para o dia...

Runa disse...

Eu não dou conselhos a ninguém. Cada um deve aprender por si, a caminhar e a enfrentar aquilo que o destino e a vida têm para lhes proporcionar. Apenas escrevo aquilo que vejo e aquilo que sinto e faço-o à noite, para poder respirar de dia.
Ainda bem que gosta de ler aquilo que escrevo. Isso também me ajuda a respirar.
Mesmo não se identificando, é sempre bem vindo a este espaço.

Passarinho De Primavera disse...

Tuas palavras Runa responde a uma pergunta, qual o sentido da vida e levam-me a crer que devemos viver a vida intensamente, cada momento, para que possamos lhe dar o devido valor, pois, o que temos de certeza é o fim.
Respirar tuas palavras é tão importante para viver, como a água, o ar e o palpitar de um coração.

Rô... disse...

oi Runa,

por tudo isso que vivo com intensidade todos os momentos,
de repente a vida passa e nada aproveitamos...
quando se é jovem os ponteiros do relógio se movem mais lentamente...

beijinhos

Marilu disse...

Olá querido amigo, como vai? Estou meio afastada do blog em virtude da gravidez da minha filhota, agora que minha netinha nasceu estou voltando. Postei uma fotinho linda da Maria Julia, gostaria muito de receber sua visita. Beijokas

mfc disse...

A vida e o passar do tempo...
Nada escapa ao Tempo!

Um abraço

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...