segunda-feira, 8 de julho de 2013

Cinco décadas


Um rosto com cinco décadas
enfrenta-me do outro lado do espelho
jurando que é o meu reflexo.
Deteto-lhe um sorriso vago
que me faz lembrar por instantes
qualquer coisa da infância
mas não me reconheço nesta miragem
baça transparência de um corpo
esmagado pelo crescimento dos ossos.

Olho-me uma vez mais
como quem contempla uma foto gasta
e o espelho não me mostra quem fui
mas apenas um vago reflexo
um afastamento abstrato e envelhecido
que o estio foi cristalizando;
aquilo que agora sou:
um rosto com cinco décadas de profundidade.

______________________________________
Post views: counter

13 comentários:

Passarinho de primavera disse...

Não sei quem sou,
Posso ser eu,
tantas vezes tentei decifrar-te nos versos em branco, esperando que o vento sussurrasse o resto, mas, sempre me perguntava como decifrar-te, definir-te, dividir-te no tempo e no espaço e, não poderia ser em outra DIMENSÃO, que não fosse em PROFUNDIDADE e, por ti tão bem definido, um rosto com cinco décadas de profundidade.

Passarinho de Primavera.

Flor de Jasmim disse...

Profundo, muita tristeza em teu coração Runa.

Meu amigo deixo o meu beijinho e uma flor

Vento disse...

cinco décadas!
mas essa é uma estação linda!!!
além do mais os espelhos são uns mentirosos ;))

"um rosto com as marcas de cinco décadas de sabedoria, de um ser profundo, o ser que tu és!

parabéns Runa [se é que bem entendi...]
beijo carinhoso.

Magali Schmitt disse...

A profundidade se fez sentir aqui... Muito intenso.

Abraço.
Magali

Rose Sousa disse...

Runa, Que magnífico! Um rosto envelhecido não, experiências vividas. Adorei!!! Um forte abraço querido e linda semana!

Passarinho de primavera disse...

Horas, dias,
sábados vazios
ausência
saudades do vento.

José María Souza Costa disse...

CONVITE
Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
Eu também tenho um, só que muito simples.
Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
Força, Paz, Amizade e Alegria
Para você, um abraço do Brasil.
www.josemariacosta.com

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Runa

Não consigo descrever em palavras o que senti ao ler este belo poema, que fala de tantas almas por onde o tempo passou deixando marcas, mas também sabedoria. Adorei como sempre.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Malu Silva disse...

Fazer 50 anos ou cinco décadas ou meio século... É muito bom. Estou mais tranquila com essa minha idade, mais serena e realizada. Consigo superar cada ruga, cada marca de expressão... sou eu! Aquela que viveu tudo e quer continuar vivendo. O espelho não me assusta!
Grande abraço!

Passarinho de primavera disse...

Dos olhares em saudade
refletidas nos espelhos
escorregam pelas faces
tristes lágrimas translúcidas

Passarinho de Primavera

Anónimo disse...

UM ROSTO QUE CARREGA TRISTEZA.
É UM HOMEM INFELIZ.
MANIFESTA A SUA INFELICIDADE, NA POESIA.

Passarinho de primavera disse...

Saudades

Sérgio Carvalho - Sonetos disse...

O importante é evoluirmos, saindo desta vida, bem melhores e mais sábios do que chagamos. Um abração, linda obra.

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...