segunda-feira, 20 de maio de 2013

Dentro do poema


sento-me aqui
à sombra desta miragem
a acariciar as letras do teu nome
a revolver as palavras
que a insónia me sussurra
enquanto a tua imagem desliza
abrindo vagarosos trilhos
por entre o marulhar das águas
na dormência da memória

é apenas um solitário jogo
que a imaginação tece
um segredo de tinta coada
a expurgar da brancura da folha
a inércia da tua ausência
a rasurada esperança
de que um simples verso te anuncie
ou traga de novo
a luz que o verão esgotou

gestos que vou ensaiando
com o aparo persistente da lapiseira
até sucumbir à febre do desejo
e sílaba a sílaba
reconstruir o néctar do teu rosto
até que o papel se incendeie
aveludado e liso
como um espelho iluminado
e só o reflexo do amor caiba
dentro do poema


__________________________________________
Post views: counter

10 comentários:

Flor de Jasmim disse...

Belssimo poema de amor, amei ler-te, nas tuas palavras está o néctar do amor.
Boa semana meu querido amigo

beijinho e uma flor

Rô... disse...

oi meu amigo,

e quando a pessoa amada é a fonte inspiradora,
parece que a folha em branco ganha vida mesmo,
dá até para ouvir o pulsar das letras como batidas descompassadas de um coração apaixonado...

beijinhos

Vento disse...

tão lindo, Runa!

beijo.

Janice Adja disse...

Palmas!!

Passarinho de primavera disse...

e só o reflexo do amor caiba dentro do poema, porque o amor está dentro de nós.

nos versos dos poemas disse...

um dia escreves as sílabas de um nome em um poema para ti, em outro momento as letras de outro nome dentro do poema.

Vera Lúcia disse...

Olá Runa,

Belíssimo poema.
A imagem também é linda.

Meu abraço.

Franciéle Romero Machado disse...

Emoção pura o seu poema, em cada uma das linhas transpirando sentimento e fatos que nos faz imaginar. Esse poema de amor sofrido torna-se lindo pela delicadeza com que descreves o sofrimento em seus detalhes. Gostei de cada estrofe, poema tão lindo mesmo!

Aguardo sua visita! Abraços e uma boa noite :)

Odete disse...

Adoro ler os seus poemas... maravilhosos!...
Bom fim de semana

Maria Emilia Moreira disse...

Quando o amor acontece...quando se espera que amada regresse... o mundo gira e no papel da imaginação tudo pode acontecer...
Aqui aconteceu um belo poema!
Bom Domingo.
M. Emília

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...