sábado, 20 de abril de 2013

Fim da viagem


Aproximas-te agora
do fim da viagem.
Pelo estremecer do carril
e da poeira que se levanta
cercando a paisagem
adivinha-se já
a luz baça da última gare.
Há um rumor de cinza
no freio que chia
anunciando o limiar do frio
e uma sombra cinzenta
que acena com o vento
lembrando os gestos definitivos
de uma despedida.

Na parca bagagem
trazes aquilo que te sobrou
dos sonhos que envelheceram
à espera que a noite se esgotasse:
algumas lembranças
marcadas a fogo
na carne enrugada da memória,
uma fatia de sol
trazida da longínqua infância
que ainda não se perdeu de todo,
e um sorriso traído
no olhar exausto
de tanto atravessar
a escuridão dos túneis.

Contemplas agora
o lugar vazio
de um súbito regresso
ao ponto de partida,
a derradeira imobilidade
que te vem resgatar
à fragilidade exausta
de um voo encalhado.
Sozinho no apeadeiro
a ver a noite partir
e a manhã que chega
branca e cintilante
a colorir-te os contornos do rosto,
até à transparência da luz

enquanto lentamente
te debruças
sobre as malas por desfazer.

___________________________________________
Post views: counter

16 comentários:

Janice Adja disse...

Lindo!!!!

Gracita disse...

Bom dia Runa
Palavras fortes que tocam fundo na alma. Lindo!
Um lindo domingo pra você
Beijos

Flor de Jasmim disse...

"olhar exausto de tanto atravessar a escuridão dos túneis".
Profundo, triste com uma beleza muito própria.
Bom domingo meu amigo Runa.

beijinho e uma flor

Celina Vasques disse...

belíssimos versos...lindissimo poema!
Merus aplausos carinhosos para ti grande poeta a quem tenho uma verdadeira e sincera admiração!
Escreves com alma e o coração!
Parabéns pela inspiração...sempre!
beijos ternos!

mizia disse...

Lindo!!!
Sempre intenso e belo o que escreves, Runa!!
Beijinho, obrigada por este momento!!
Saudades... de te ler.

mizia

Rô... disse...

oi Runa,

por vezes nos cansamos realmente,
e você lindamente descreveu esse momento,
adorei!!!

beijinhos

Passarinho de primavera disse...

O melhor momento do fim da viagem é realmente desfazer as malas e esperar o próximo momento com luzes intensas.

Rose disse...

Uma viagem extraordinária pelos caminhos poéticos que pões diante dos nossos olhos, Aplaudo-te mais uma vez Runa!

Evanir disse...

Sabe aquele abraço bem gostoso??
Pois é esse que vim te deixar.
Aqui deixo meu imenso carinho
por você.
Que seja nossa amizade
a mais infinito que houver.
Uma Tarde linda e abençoado.
Beijos no coração.
Carinhos na Alma.
Evanir..







.

Ani Braga disse...

Olá Runa


Lindo poema...
Que seu final de semana seja maravilhoso.

Beijos
Ani

Maria Rodrigues disse...

Quanta sensibilidade nas palavras contidas neste belissimo poema. A vida é uma viagem com um fim nem sempre de paz, mas sim doloroso onde os sonhos desfeitos se misturam com a solidão e tristeza. Á que agarrar sim a ténue luz do sol das recordações dos momentos bons que se viveram.
Um poema que toca a nossa alma.
Beijinhos
Maria

Gracita disse...

Olá amigo Runa!
Uma linda viagem poética! A tua intimidade com as palavras é primorosa e o resultado são este versos intensos e belos. Viajei contigo nesta doce aventura.
Beijinhos
Gracita

Mallika disse...

Eis que a partida é sempre ponto de chegada de letras que falam da vida. Ótima semana.

Passarinho de primavera disse...

Feliz dia hoje, para as Mulheres Mães que fazem parte da tua vida, tua Mãe e a Mãe dos teus filhos.



Solange disse...

maravilhosamente forte!!

saudade daqui...

bjs.Sol

Passarinho de primavera disse...

Mais um ciclo se abre para uma nova viagem.
Feliz aniversário!

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...