segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Amor: palavra proibida


Existe uma palavra proibida
na gramática negra dos abismos.
Uma palavra atravessada pelo silêncio
que clama do fundo da noite
e dos recantos mais sombrios
onde foi um dia aprisionada.
É uma voz antiga e amordaçada
que encerra no seu seio,
na luz branca das sílabas esquecidas,
o poder de derrubar fronteiras
e o sopro eterno que acende universos.

Constantemente crucificada
e substituída por estranhos sinónimos
que dissimuladamente a deformam
e nada dizem da solidão do mundo
sangra no frio prolongado dos corações
como uma bênção rejeitada
ou uma ferida incapaz de cicatrizar,
murmurando em surdina
num eco que não se pode extinguir
e nos lábios dormentes do poeta
a sua ânsia de ser de novo revelada.


_____________________________________
Post views: counter

17 comentários:

A. disse...

Haja Esperança, Amor e a admiração por Aquele que foi crucificado para que a Palavra fosse libertada!... Infelizmente, a Palavra, o exemplo e a Verdade continuam sob vigia atenta da crucificação, sempre atenta ao que de melhor há na Humanidade!...



Um Feliz Natal e um ano de 2013, pleno da Palavra pulsando no coração!...



Abraço

Vera Lúcia disse...


Olá Runa,
Que o espírito natalino consiga resgatar nos corações endurecidos este maravilhoso sentimento cristão - o amor - para que possamos viver com esperança, paz e fraternidade.

FELIZ E SANTO NATAL E UM ANO NOVO DE ALEGRIAS E REALIZAÇÕES.

Obrigada pelo carinho dos votos e da lembrança.

Meu abraço.

Solange disse...

HOJE EU PASSEI AQUI SÓ PRA DESEJAR UM NATAL DELICIOSO PRA VC!!

BJS.SOL

Colcha de Cetim disse...

Tantas vezes diz o poeta, amo-te, com os lábios dormentes.

Rose disse...

Runa, suas poesias estão entre as mais belas que já li. admiro sua sensibilidade e subjetividade ao elaborar seus versos. Esse jeito de nos deixar pairando e pensando voluntariamente é muito prazeroso. Te desejo um lindo ano que se inicia, de muita paz e alegrias! Abraço poético!

Flor de Jasmim disse...

Fortes e poderosas palavras, com o sofrimento estampado em teus lábios.

Boas festas meu amigo, que 2013 te realize os teus desejos.

beijinho e uma flor

mizia disse...

Olá Runa,
Poesia simplesmente Divina!!!
Boas Festas meu Amigo, que 2013 seja de muita Paz, Alegrias e Realizações!

Beijinho*
mizia

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo poeta, que o amor nunca seja uma palavra proibida. Belissimo poema como sempre.
Um excelente Ano Novo, pleno de tudo de bom.
Beijinhos
Maria

Maria Emilia Moreira disse...

Um BOM ANO de 2013!
Que continue cheio de garra e de inspiração.
Um abraço.
M. Emília

Ani Cristal disse...

Obrigada por todas as vezes que carinhosamente esteve em meu blog neste ano, espero que possamos continuar juntos nesse mundo de poesia e amizade no ano de 2013 também...

Feliz Ano Novo

Beijos
Ani

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Que neste ano de 2013 que agora se inicia possamos com uma palavra de apoio e fraternidade fazer que o mundo seja melhor e que a esperança de realizar todos os sonhos seja presente sempre nos nossos corações...que a paz o amor e a felicidade seja o alvorecer de um novo tempo de amor e fraternidade.
E obrigada pela visita que me dá sempre muito prazer.

FELIZ ANO NOVO
Um beijinho com carinho
Sonhadora

Colcha de Cetim disse...

'Abre os braços
Abre as janelas
Abre as asas'
Recebe o Novo Ano,
Que chega com o vento!

Feliz 2013, Runa!


rosa-branca disse...

Amor: Palavra proibida, mas não proibido amar.
Feliz Ano Novo meu amigo, com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

Flor de Jasmim disse...

Runa voltei para te desejar um Ano Novo com saúde paz e amor e para todos aqueles que te são queridos.

beijinho e uma flor

FlorAlpina disse...

Obrigada pela Poesia que nos oferece!
Obrigada também por todas as palavras amigas/carinhos que deixa sempre no meu cantinho, e obrigada pelos votos de festas felizes que encontrei...
Para si, votos de um Bom 2013
Abraço desde os Alpes

elis candido disse...

Aqui novamente para saborear das tuas sempre surpreendentes e profundas palavras...
AMOR! Palavra proibida, palavra mágica, palavra que muita boca desconhece o sentido mais profundo... Pena!

Abraços sempre.

Patrícia Pinna disse...

Runa, uma poesia maravilhosa sem ter o que dizer muito, uma vez que já o fizeste com toda a maestria.
O amor e o desamor tão bem escrito aqui.
Parabéns!
Beijos na alma e tudo de bom, sempre.

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...