sábado, 1 de setembro de 2012

Domadora de borboletas


Abres os braços
e na ponta dos dedos
pousam-te borboletas azuis

Ou será que é o vento
a abraçar teu corpo
de porcelana?


Levantas o vestido
como quem chama a noite
e há um sobressalto de estrelas
a incendiar o horizonte

Ou serão borboletas fugazes
simulando
com o celofane das asas
a metamorfose do teu corpo despido?


______________________________________
Post views: counter

9 comentários:

Reinadi Sampaio disse...

Runa, oi,
gosto de todos os espaços por onde transitas com essa 'borboleta azul...' às vezes audaz, noutras terno, angustiado... tal qual em "A espera do sol"...
2011-01-14


Todas as noites a borboleta azul
vem pousar a um canto da janela
por detrás da vidraça fosca
de uma longa e infinita espera
que a cada dia se perpetua

Digerindo o vazio angustiante das horas
desenha em silêncio um esvoaçar proibido
enquanto perscruta o céu encoberto
à espera de ver brilhar o sol
nas asas fugazes de um secreto luar
______________
Tuas palavras têm a liberdade esvoaçante de um secreto luar... no postigo da janela.

Te abraço.
Flor.

Gracita disse...

Olá Runa.
A beleza do amor emoldurado pelo voo diáfano das borboletas. Belo e intenso. Um dia radiante pra ti. um abraço afetuoso
Gracita

Solange disse...

a borboleta vive o suficiente, pra resgatar toda sua liberdade num único voo..

bjs.Sol

mfc disse...

Gostei imenso da expressão"sobressalto de estrelas"...

Um grande abraço por mais este lindo poema.

Elen de Moraes K borboleta poeta disse...

Runa,
adorei teu poema! Parabéns e ouso respondê-lo assim:

DOMADORA DE ESTRELAS

Elen de Moraes Kochman
(borboleta poeta)

Flor do sertão... borboleta
Azul como o mar do norte...
- Mulher ardente ou ninfeta? -
Doou ao poeta a sorte

Do amor e da inspiração!
Fez arder seus pensamentos,
Bolinou sua paixão
E domou seus argumentos!

Seu desejo mitigou
Quando despiu os seus véus...
Mas seu sossego roubou
No aconchego dos seus céus...

Co’estrelas em sobressalto,
O prazer fala mais alto!


Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Elis Cândido disse...

Será a primavera que se anuncia o motivo deste poema tão lindo?! Abraços sempre.

Elís

Flor de Jasmim disse...

Belissimo esse amor expressado atravez de borboletas.
Adorei cada palavra tua meu amigo.

beijinho e uma flor

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Um poema que é hino à poesia...um voo intenso de amor...adorei.

Um beijinho
Sonhadora

Maria Silva disse...

Poema leve que muito me agradou. O seu ritmo fez lembrar-me o saltitar esvoaçante das borboletas evocadas... Gostei muito.

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...