sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Jobs for the boys


As sombras marcadas com o selo dos eleitos
saíram dos covis incrustados na rocha
e caminharam sobre as cinzas do areal
com o tronco dobrado numa inércia ensaiada.
Traziam as mãos carregadas de oferendas
e uma ânsia de mastins esfaimados
na espessa baba que lhes corria dos cantos da boca.
Dos braços, sempre flácidos e pendentes,
crescera-lhes um emaranhado complexo de redes
com que aprisionavam os pequenos cardumes assustados
que depois vendiam às industrias de transformação.
Era assim que conquistavam o favor das ondas
e podiam atravessar, incólumes, o trilho das tormentas.
Imunes aos naufrágios, refugiavam-se nas fendas
e nas grutas escuras, escavadas na falésia,
atentos aos sinais e à mudança das correntes.

Quando os deuses se ergueram do fundo das águas
e começaram a repartir os despojos da maré,
rapidamente avançaram sobre a esteira de corais
e se desfizeram numa rebentação de vénias.

_________________________________________________________
Post views: counter

10 comentários:

mfc disse...

São sempre assim!
Reconheço-os pelo sorriso falso!

Rô... disse...

oi Runa,

li e reli,meu amigo,
mas não sei se gostaria de encontrá-los no meu caminho...
prefiro não...

beijinhos

Reinadi Sampaio disse...

Não sei dizer o que mais dói em mim: se vê-los assim "despidos de maldades, "peito nu", "coração exposto", "olhos ávidos de desejos" ou se a hipocrisia dos que se vestem de máscaras escondendo a pouca vergonha encoberta pelo sorriso que desgoverna a existência e mata pouco a pouco tantas criaturas carentes de tudo - até mesmo de uma ocupação decente...

Orgulho-me puder ler teus escritos! Eles são um "Grito de Alerta"!

Abraço-te.
Flor.

Multiolhares disse...

Custame pensar que o ser humano sempre foi assim e parece que sempre o será
bjs

A. disse...

...e não há quem os detenha!... Multiplicando-se e multiplicando a destruição dos "corais"!...
Gostei dessa imagem da força e crescente poder dos braços pendentes, moles e... com o consagrado nº que os marca como deuses ávidos!...



Abraço

Flor de Jasmim disse...

Runa meu amigo
Comovente!
Dói demais sabendo o quanto o ser humano se transforma.Muitas das vezes por e simplesmente ambição.Outras não.

Beijinho e uma flor

Sandra disse...

Forte. Repleto de imagens inteligentes .
Estou feliz por poder comentar. Não o tenho conseguido fazer e já te tinha enviado um mail, mas não sei se o recebeste.
Beijo

♫*Isa Mar disse...

Oi Runa, nossa que impactante essa postagem, realmente... penso que em várias partes do mundo a ignorância das Leis Divinas ainda impera,tantas culturas e pessoas que ainda estão na infância de sua evolução.
Beijos pra ti e um ótima semana!

Eduarda disse...

Amigo,

as tuas palavras que ferem os duetos sagrados dos boys...espero que oiçam.

bj

BlueShell disse...

É assim que apanham os cardumes assustados...enredando-os nas suas redes!

Gostei.

Olha...desculpa andar atrasada...devia ter vindo há muito mas...não pude. Perdoa. Tudo de bom para ti. E obrigada pela tua presença
BS

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...