sexta-feira, 6 de julho de 2012

Janelas


Abro as janelas
para te ver chegar
como quem acende uma vela
para iluminar a noite
ou fecha lentamente os olhos
para morder um desejo

Ligo o piano metálico
que reproduz a tua voz
e deixo-me enfeitiçar
pela caligrafia do teu sorriso
a desfazer na penumbra
o longe que nos cerca

Abro as janelas
e as asas sonâmbulas
até cruzar as fronteiras
e chegar na luz do luar
ou na nuvem de incenso
que liberta o éter das paixões

Nos oceanos da tua ausência
sopro as sete ondas
do ciclo maior da rebentação
e fico, deste lado da margem,
a escutar o marulhar do teu corpo
ancorado nos limos do meu peito

____________________________________

Pois é, mais um ano se passou. Chegou novamente a altura de eu partir, durante alguns dias, para umas merecidas e repousantes férias. Voltarei, em Agosto, para partilhar com todos vós as minhas palavras e a minha amizade. Voltem também, porque a vossa presença e o vosso carinho, são a mais importante razão da existência deste blog.
Um grande abraço a todos

Runa

Post views: counter

22 comentários:

Reinadi Sampaio disse...

Mais um ano e tudo parece se repetir... Vais e vens como as ondas do mar... Atravessas as janelas do tempo e as janelas abertas à tua chegada ficarão aqui à tua espera... "Com retoques de aquarela alumiando teu postigo"
sempre com as luzes do amanhã a clarear os teu caminhos - eternamente.

Felizes férias e um feliz retorno.
Te abraço.
Flor.

Marilu disse...

Querido amigo, tenha um lindo final de semana. Beijocas

Brígida Luz disse...

Olá, Rui. Não sendo muito assídua a comentar, estou sempre presente na leitura da tua poesia, desde os primeiros tempos (que já me parecem antigos) do Luso-poemas :) Gosto muito do teu estilo, é marcado e marcante e revela o olhar atento e sensível do autor.

E como vais de férias, quero desejar-te bons e felizes momentos. E já agora, muito sol.

Um dia destes, voltaremos todos :)

B. Luz

manuel marques Arroz disse...

Tudo lindo por aqui.

Abraço e bom fim de semana.

Palavresias disse...

rUNA TUA POESIA SEMPRE FORTE E ESSA COM O ENCANTO DA POESIA, ONDE O DESEJO ABRE TODAS AS JANELAS PARA A ALMA APAIXONADA.
MERECIDAS FÉRIAS E BOM DESCANSO
qUANDO VOLTARES ATUALIZE MEU LINK POR FAVOR.
http://palavresias.blogspot.com.br/
BJKS DOCES.

OutrosEncantos disse...

um poema que ancora no peito de quem o lê
um poema doce, belo, profundo, da alma.

férias felizes, Runa.

Valéria Cruz disse...

E eu que cheguei no momento da partida, digo que fico aqui sorvendo um pouco de tudo, soprando um pouco pra lá e pra cá, como uma folha ao vento...adorei seu espaço.
Boas férias!
Abraços
V

mfc disse...

Um poema imensamente antes de uma partida necessária para uma renovação que nos é tão precisa!
Boas férias e um abraço.

mundo da lua disse...

NASCERAM SAUDADES DOS POEMAS DE MIL ANOS.

BOAS FERIAS.

Vivian disse...

Olá,Runa!!

Versos belíssimos!!!!Cheios de encantos e paixão!
Boas férias pra ti!
Beijos!

Reinadi Sampaio disse...

Runa, oi, mesmo longe, passando aqui para desejar-te um lindo 'sábado' de férias, cheio de luz, em harmonia com os teus e o azul do mar.


Cada dia que passa
mais se identifica a vida
com poesia e mar!

Inté.
Te abraço.
Flor.

Maria Emilia Moreira disse...

Um belo poema! Que as sete ondas o traga de novo cheio de saúde e inspiração.Boas férias.
M. Emília

Graça Pereira disse...

Levo este poema comigo para espalhar sobre as ondas do mar...e talvez ele me ensine a abrir outras janelas!!
Boas férias-
Graça

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Boa tarde Runa querido


Boas férias, aproveita bastante e recarregue as energias pra mais um ano...

Beijos
Ani

Reinadi Sampaio disse...

Mais um 'sábado', areia, água, calor - mar!
Chegando para deixar-te um abraço.
Te abraço.

Malu disse...

Amo janelas que, quando abertas, nos faz transpor muitos e transcendentais caminhos...
Janelas sempre abertas e na direção do SOL...
Abraços

rosa-branca disse...

Olá Runa, as janelas do sentir tudo guardam. Quem dera abri-las e despejar tudo o que magoa. Boas férias meu amigo e desejo, que quando voltares, as janelas estejam abertas e cheias de luz. Beijos com carinho

Reinadi Sampaio disse...

"Voltem também,"
Aproveitando tuas palavras cá estou outra vez para desejar-te mais um 'sábado'de sol e mar cheio de coisas boas recheadas de poesia (risos), aproveitando mais versos teus...
" [...] Acendes a luz da tela
com esse sorriso amigo
e vens-me ver à janela.[...]"

Inté.
Te abraço.

Reinadi Sampaio disse...

Abro as janelas
e as asas sonâmbulas
até cruzar as fronteiras
e chegar na luz do luar
ou na nuvem de incenso
que liberta o éter das paixões

Nos oceanos da tua ausência
sopro as sete ondas
do ciclo maior da rebentação
e fico, deste lado da margem,
a escutar o marulhar do teu corpo
ancorado nos limos do meu peito"

______________________

Oi, Runa,

faltam algumas horas para mais um sábado...
entre mar e azul e poesias nas praias do Norte.

Publiquei três livros, em um deles tem um poema para o teu poema "Janelas"...


Sete punhais invadem por instantes,
Nossos corações banhados de luar!
Nós, somos as saudades caminhantes... –

Quais as sete ondas do teu mar
Que correm de praia em praia
E desaguam na íris do meu olhar

Abre a tua janela, [...]
(Fragmentos... o resto está no livro (Risos...)
-------------
Inté, te abraço.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Senti o momento único de ver o amado chegar... lindo poema!!! Fui percebendo ao abrir a janela... lindas sensações contemplei aqui!!!
DEUS e cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Bjs festivos de paz

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o Blog !

Embora tenha visto rapidamente, gostei bastante e te convido para conhecer, seguir... meu espaço:

http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

Muito Obrigada, desde já !

mizia disse...

Runa,
Poema Belíssimo...!!! Doce, belo e... profundo!
Adorei e levei comigo...
Beijinho em teu coração*

mizia

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...