domingo, 17 de junho de 2012

A cor rubra do desejo


Envolto num ritual de vertigens
persigo os trilhos do amanhecer
nos reflexos que a noite desenha
sobre o teu dorso suspenso

Há um fogo à espreita
na transparência da pele…

Cego pelo aroma dessa nudez
esvaio-me num sussurro felino
afagando os declives da tua cintura
banhada pela claridade do luar

Há um fogo que se agita
na luz tensa do desejo…

Uma dança de lírios brancos
a acender o brilho das fogueiras
cada vez que te movimentas
anunciando o derradeiro gemido

Há um fogo a explodir
no fluxo quente do teu corpo…

E tudo se incendeia à volta do leito
quando os teus lábios se fecham
libertando a dormência do pólen
que amaina a cor rubra do desejo

______________________________________
Post views: counter

19 comentários:

Flor de Jasmim disse...

A noite é sempre um bom momento de inspiração, traz-nos sonhos, mas também sofrimento e desilusão.
Boa semana meu querido amigo Runa

Beijinho e uma flor

Rô... disse...

oi Runa,

os desejos tem mesmo o poder de colorir
os momentos com a vibrante cor do amor...
lindo,meu amigo!!!

beijinhos

Marilu disse...

Querido amigo, lindo poema. Tenha uma excelente semana. Beijocas

BORBOLETA POETA disse...

Olá Poeta,
Bonita e bem lírica essa sua nova fase erótica!
Parabéns!
Abraço.

Tétis disse...

Olá Runa

Após ausência por motivos de saúde, passo para deixar um beijinho e informar que, embora ainda em recuperação, estou de volta à blogosfera e aos poucos, dentro das minhas possibilidades, visitarei todos os amigos de quem já tenho muitas saudades.

Tétis

Reinadi Sampaio disse...

Runa, oi,
Gosto de ver-te transitando por entre as sinuosidades do amor, a dizer do amor carnal de forma tão bela e poderosa, igual quando dizes do amor da Alma.

Corpo e Alma – Amores que não se separam, quando o amor e verdadeiro.

Te abraço.
Flor.

Reinadi Sampaio disse...

retificando:
quando o amor é* verdadeiro.

mundo da lua disse...

Seus poemas têm mil anos
Acho que você entende o que quero dizer ...

Vera Lúcia disse...

Olá Runa,

Lindo, vibrante, sensual e com uma doce dosagem de erotismo.

Obrigada pela visita sempre bem-vinda.

Abraço.

mfc disse...

Um poema em que cada palavra acrescenta um sorriso lindo de desejo...

Graça Pereira disse...

Sensual e apaixonante!
Beijo
Graça

MARILENE disse...

Caminhou com grande beleza nesse terreno. Há sensualidade nos seus versos, onde o chamado do desejo encanta. Amei! Bjs.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Os teus poemas têm vida própria cruzam-se dentro da pele...são um rio a transbordar na espuma dos dedos...um mergulho silêncioso que paraliza o sangue...esculpindo as palavras sensualmente belas.

Um beijinho e obrigada pela visita
Sonhadora

Gracita disse...

Bom dia Runa querido.
Seus poema são pura emoção! Liiiindo! Vim te desejar um final de semana super especial...
Que ele seja cheio de carinho. Aconchegante, vibrante e super gostosinho...
Aproveite tudo que puder e um pouco mais!
Beijinhos estaladinhos
Gracita

BlueShell disse...

Uma delícia...
(devagarinho tentando retribuir as visitas e agradecer a atençao nesta minha ausência forçada) BShell

Maria Rodrigues disse...

O fogo do amor num poema maravilhoso.
Um bom domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Runa. Que encanto de poesia onde reside beleza e sensualidade, que permitem serem vislumbradas através dos nossos olhos atentos!
Uma delícia de ler, uma leveza extrema, uma cena de amor perfeita.
Amo a tua escrita, sempre forte, sendo feliz ou triste!
Um beijo na alma, e saudades de ti!
Fique com Deus!

ana laura Kosby disse...

Voraz, lê-se de um fôlego só, acelerado, intenso, apaixonado, explode no meio do peito.
Muito bom de ler.
Andava com saudade de ler-te.

Clarice Ferreira disse...

Entrei no seu blog e pensei: Como eu nunca te descobri? Sabe... Tem uma certa poesia "clandestina" saltando pela informalidade da internet. Palavras transcendentais tem se unido a versos... Tenho buscado leituras inspiradoras inovadoras e diferentes, e tenho encontrado, mas poucas... A contemporânea Karla Bardanza, a envolvente Natália Canais... Mas você aonde estava??? RSRSRS. Adorei te encontrar, mais um ligar para me inspirar e não me sentir sozinha nessa busca pelo que transcende e ultrapassa o senso comum.
Pena mesmo é que ainda estou no trabalho e não tenho tempo de degustar seus escritos como queria, mas estou lhe seguindo e assim que possível o farei!

Beijos!

Clarice.

www.penadeprata.blogspot.com.br

Enviar um comentário

Obrigado pela visita. Se puderes, deixa uma mensagem.

Abraço. Volta sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...